For more extensive artist's bio, articles and list of exhibitions, visit artist(s) website(s). Many of the images displayed on this site are copyrighted, and are used here only for purposes of education or critical review. All rights are reserved by the artists who created the works referenced herein.

Painting is silent poetry, and poetry is painting that speaks. Simonides

Roberto Chichorro

Roberto Chichorro

Roberto Chichorro nasceu em 1941 em Lourenço Marques. Dedicou-se desde cedo à pintura, onde expressa toda a magia das velhas histórias que foi ouvindo, ligadas a mundos mágicos de assombros, terrores e feitiçarias, mas também de bichos, música e encantos. Chichorro pinta constantemente estas lembranças de menino e fá-lo com uma paleta muito colorida em que os fundos “chagallianos” parodiados abrem ao olhar a intensidade de um mundo mágico, quase imponderável, flutuante. Trabalhou como desenhador de publicidade e arquitectura, e como decorador de pavilhões para feiras internacionais em Moçambique. Fez cenografias para espectáculos e ilustrou vários livros. De 1982/85 é bolseiro do Governo Espanhol, em Madrid, para cerâmica (Taller Azul) e zincogravura (Óscar Manezzi). Em 1986 é bolseiro do Governo Português, vivendo em Portugal desde essa data e dedicando-se exclusivamente à pintura.















Prémios
1973
Prémio de Aquisição no Salão de Arte Moderna – Luanda (Angola)1987
Menção Honrosa no Salão de Outono do Casino Estoril –
Estoril (Portugal)
1991
Menção Honrosa na Bienal de Óbidos –
Óbidos (Portugal)
2006
Prémio MAC`2006 Carreira (Movimento Arte Contemporânea)
2008
Prémio MAC`2008 Pintura (Movimento Arte Contemporânea)
















Roberto Carneiro de Alcáçovas de Sousa Chichorro (Malhangalene, Maputo, 19 de Setembro de 1941) é um artista plástico moçambicano.
Chichorro passou a sua infância na Malafala, bairro entre a cidade colonial dos brancos e a cidade de caniço dos negros, vivência que se encontra repercutida na sua obra plástica.
Concluiu o curso industrial de Construção Civil. Entretanto, sua vocação para a arte o leva a trabalhar em desenhos de arquitetura ilustrações e pintura.
Os seus trabalhos foram mostrados pela primeira vez na Exposição Colectiva dos Festejos da cidade de Lourenço Marques (hoje Maputo), em 1966, e a sua primeira exposição individual teve lugar em 1967, na mesma cidade, na Cooperativa da Casas de Lourenço Marques, onde trabalhava como desenhador de arquitectura .
Em 1982 recebeu uma bolsa do governo espanhol, que lhe permitiu trabalhar em Madrid, em cerâmica, no Taller Azul, e em zincogravura, com Óscar Manezzi. Em 1986 foi para Portugal com uma bolsa do Governo português.

No comments:

Followers

Blog Archive

Labels

Related Posts with Thumbnails